NOSSAS IDÉIAS E ATITUDES TÊM UM PAPEL: TRANSFORMAR A REALIDADE!

Create your own banner at mybannermaker.com!

sábado, 28 de maio de 2011

Aprender a viver sem o cigarro

No primeiro cigarro fumado a maioria apresentou um mal estar intenso com náuseas, vômitos e tonteiras.

Mas a medida que insistiram no uso do cigarro, gradativamente não sentiam mais este desconforto, e foram aos poucos aumentando o número de cigarros consumidos até um momento em que fumavam vários maços por dia sem aqueles efeitos iniciais.

Estas pessoas desenvolveram tolerância ao cigarro e tornaram-se dependentes da nicotina num processo de aprender a fumar.

A partir de então observa se um fenomeno contrario ao inicial, estas pessoas desenvolvem grande desconforto ao tentar abandonar o cigarro, fenômeno conhecido como síndrome de abstinência a nicotina, quando podemos observar nervosismo, ansiedade, perda de concentração e extremo desejo de fumar, representando o primeiro obstáculo aos que desejam largar o cigarro.

Neste momento temos que fazer o caminho oposto de quando começamos a fumar. Agora teremos de aprender a viver sem o cigarro.

Sabe-se que a maioria dos ex fumantes fizeram uma média de 4 tentativas até serem bem sucedidas de forma que não se deve desanimar nas primeiras dificuldades. Caso falhe em uma tentativa o melhor é manter o objetivo e tentar novamente.

Caso mesmo assim não consiga, é hora de começar a considerar o apoio de algum profissional de saúde com experiência em ajudar pessoas a parar de fumar. Nos últimos 10 anos tenho trabalhado ajudando muitas pessoas a abandonar este vício e tenho testemunhado a evolução e surgimento de novos medicamentos que podem facilitar em muito o objetivo de quem deseja parar de fumar e valem a pena ser avaliados e tentados.

Dr Rodolfo Fred Behrsin
Pneumologista mestre em Pneumologia pela Universidade Federal Fluminense Aluno do curso de Doutorado da UFF e coordenado do GAAT (Grupo de apoio ao abandono do tabagismo – Voltado a pessoas que querem parar de fumar mas não conseguem.

Contatos:respirear.blogspot.com
Email: respirear@yahoo.com.br
Tel: 9625-8737

Nenhum comentário: