NOSSAS IDÉIAS E ATITUDES TÊM UM PAPEL: TRANSFORMAR A REALIDADE!

Create your own banner at mybannermaker.com!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

MAU CHEIRO NAS AXILAS? CONHEÇA OS MEIOS PARA ACABAR COM ELE.

Photo Dreamstime

O assunto de hoje é voltado para as pessoas que têm excesso de transpiração e, consequentemente, o tão conhecido mau cheiro proveniente das axilas.
Essa doença, quando não tratada, acarreta problemas sociais, profissionais e afetivos dentre outros, com a piora da qualidade de vida do indivíduo.
Trata-se da BROMIDROSE AXILAR (mau odor nas axilas). 

Causada por bactérias presentes nas axilas e que lá encontram ambiente propício de umidade e calor, assim causando o mau cheiro. Essa doença geralmente surge na puberdade devido à alteração dos hormônios e, a partir daí, é uma eterna vigilância e preocupação para as pessoas portadoras desse problema.
Alguns fatores ajudam no tratamento:
- manter as axilas sempre limpas e secas
- tomar banho pelo menos duas vezes ao dia (manhã e noite) fazendo um grande asseio na região das axilas utilizando sabonete líquido anti-séptico e secando bem a região com uma toalha limpa
- trocar sua toalha de banho em dias alternados
- o uso de desodorante anti-transpirante deve ser feito somente com as axilas limpas
- lavar as roupas com sabão anti-séptico, separadamente, até que saia o mau cheiro
- não emprestar e nem usar roupa de outras pessoas
Na realidade todas essas precauções não curam o problema, podem apenas minimizá-lo, quando não são odores muito acentuados.
Existem duas formas de tratar a bromidrose:
- aplicação da toxina botulínica A, que é de ação temporária
- procedimento cirúrgico - simpatectomia vídeo-torácico- procedimento esse feito por vídeo-laparoscopia que, ao bloquear o nervo responsável pela produção do suor, bloqueia o gânglio que o estimula. Trata-se de uma cirurgia segura, pouco invasiva, cujo retorno para as atividades normais se dá em aproximadamente dois dias.
 
Dúvidas sobre esse assunto? Deixe aqui seu comentário e buscaremos esclarece
Essas informações têm  objetivos meramente informativo e educacional. Para  fins  de   orientação  procure o profissional adequado para o devido esclarecimento.

6 comentários:

eli.acacio disse...

tenho esse problema, e ñ sei como me tratar, nem a que profissional procurar, isto me traz muitos problemas e me sinto muito incomodada, gostaria muito da ajuda de vcs.
muito obrigada, eli.

IDCOR disse...

Você deve procurar um dermatologista Eli.
Com certeza ele terá o tratamento eficaz para o seu problema e com isso o fim para uma série de constrangimentos causados por ele.

Anônimo disse...

Tenho este problema e em Junho de 2013 resolvi fazer o procedimento simpatectomia vídeo-torácico tive varias complicações uma delas foi que o medico perfurou meu pulmão e nada fez 24 horas após a cirurgia não conseguia respirar voltando pro centro cirurgico para colocar um dreno e outras coisas mais. Mas o pior de tudo é que hoje estou com o cheiro 3 vezes mais forte que antes da cirurgia uma cicatriz horrivel e não tenho a quem recorrer . Terei que viver com isso para o resto de minha vida .

Anônimo disse...

Sempre que saio de casa para ir a algum lado fico muito suado nas axilas, de um dia para o outro fiquei assim, ja mudei de desoderizante varias vezes e nada acontece, não tem mau odor, fico é todo suado, não sei mais o que fazer, voces teem alguma odeio do que possa ser isto?
Obrigado

Isabel Araujo disse...

Eu sofro desse problema já fiz vários tratamento e nada resolver,fico contrangida com as pessoas pq cheira forte meu maior desejo é poder fazer essa cirugia ,já tive em vários medicos buscando ajuda mais nada resolver pago caro nos antitranspirantes e nada resolve me sinto triste com isso... por favor me diz q medico é esse ....

Anônimo disse...

CLAREADOR PARA AXILAS
R$ 54,75

Formulado á base de Alpha Arbutin, Ácido Kójico e àcido Tranexâmico com ação clareadora, atenuando a cor escura da pele das axilas.

Para maiores informações sobre este produto, acesse:
http://www.anaterrashop.com/cosmeticos/clareador-para-axilas.html